sábado, 16 de janeiro de 2021

Música do Bioterra: Blackout Problems- Lady Earth


Cá está um vídeo e música da era Covid-19 e da crise climática. Plasticamente muito bom e recentemente lançado (08/12/2020).
É de uma banda Alemã, baseada em Munique. Este vídeo (para maiores de 16 anos- eles próprios avisam) levou-me a reflectir e tecer alguns considerandos. A nossa juventude vive a era Greta, do Instagram e do Netflix. No início fiquei muito zangado pelo último documentário de David Attenborough estar no Netflix. Mas depois raciocinei e de facto ele tem razão. Para chegar a sua voz a toda a gente tem que se actualizar e viver onde os jovens estão emersos hoje em dia. Portanto como avançarmos a partir daqui? Com referenciais. Com mais chama e explicar aos jovens que há sempre uma alternativa nas suas vidas pessoais e colectivas. Vejamos eu quando me vou abaixo, recorro-me aos clássicos e como certos autores e trovadores viveram o séc. XX: Albert Camus, Jean Paul Sarte, o nosso Fernando Pessoa, Simone Beauvoir, Marguerite Yourcenar, Agostinho da Silva, Eduardo Lourenço e mais recentemente Eduardo Galeano. Dos músicos, recordo e releio vidas trágicas: Jim Morrison, Janins Joplin, Ian Curtis, Nico e porque não Curt Cobain. Entre nós José Afonso e Carlos Paredes. Mas vou mais atrás e leio naturalistas como Isaac Newton (tem textos lindíssimos) , Galileu Galei e filósofos como David Hume e Voltaire e recuo mais atrás ainda e leio e investigo autores da Grécia Antiga. Têm tudo explicado. E preciso de orientações no presente. E eles estão cá ainda, felizmente: José Gil, Viriato Soromenho-Marques entre outros e outras. Perdoem-me se esqueci algumas e alguns.
Senhora Terra, meus jovens, há sempre alternativa. Na minha geração cresci a berrar "No Future" dos Sex Pistols! Portanto há gente a trabalhar o melhor que sabe para mitigar a crise climática e da biodiversidade, que são mais e igualmente importantes quanto a colmatar os efeitos do covid-19. "Todo cambia" como cantava a eterna e excelente carismática Mercedes Sosa. Espero que apreciem este teledisco. Um abraço a todas e todos.

Letra aqui:
I watched her from afar
Lady earth
She looks a little alone these days
Alone these days
I know
She’s got baggage and problems
It’s us who make it hard in the first place, the first place, the first place
Come on and push me right over the edge
I ran out of things to believe in
I think I’m losing whatever was left of my religion
Come on and give me just a little bit back
I’m begging right here on your doorstep
Don’t bury the little that’s left of my religion
The masters of war are back again
Blinded by greed they get their hands on everything they can
I watch her from afar
Sweet mother earth
Loving the schoolgirls
And schoolboys
Who plead to
KEEP IT IN THE GROUND

Sem comentários: