sexta-feira, 22 de maio de 2009

Documentário HOME – O mundo é a nossa casa (em Português)


A Terra formou-se a partir de partículas de poeira cósmica, o milagre da vida então ocorreu. Nos lagos quentes da Terra originou-se as Arqueobactérias, há 4 mil milhões de anos atrás, alimentando-se do calor da Terra. Excepto as cianobactérias, as algas verdes, que possuem a capacidade de obter energia do Sol e são os ancestrais das plantas de hoje em dia. Essas bactérias foram as responsáveis pela alteração natural da atmosfera, mudando o destino do Planeta, com a transformação do CO2 em O2, libertado na atmosfera. Podendo assim, gerar outras formas de vida na Terra.


Com a vida na Terra, toda espécie tem a sua função e o seu lugar, todos se balanceiam. E há 200 mil anos o Homo sapiens surgiu nessa história mudando a face da Terra. Começando com: a agricultura, que foi a primeira grande revolução, a menos de 10 mil anos dando a luz a cidades e civilizações. Em seguida, a humanidade encontrou uma forma de explorar as energias submersas na terra, como óleo, gás, carvão e minérios. Isso gerou uma rápida mudança no Planeta, uma revolução industrial aconteceu, criação de máquinas, fábricas, grandes edificações e etc., a tecnologia tomou conta.

Quanto mais o mundo cresce, maior é o consumo de energia e essa energia não está a ser renovada. Como a água, que está ficando escassa com o passar dos tempos, a falta de água poderá afetar 2 mil milhões de pessoas antes de 2025. As florestas são os pilares do balanço climático de que dependemos. Em 40 anos a maior floresta tropical do mundo foi reduzida em 20%, a floresta amazónica, todo o desmatamento no planeta está voltado para a agricultura, pecuária e industrialização. O transporte, indústrias, desmatamento, agricultura.

Nossas atividades são responsáveis pela libertação de grandes quantidades de carbono, mudando o balanço climático do Planeta. Ocasionando um aquecimento global, que está a afectar muito o nosso Planeta e só quem tem a perder com isso somos nós, e  reduzindo a variedade de espécies de seres vivos aqui da Terra.

Mas alguns países ainda são pessimistas e estão dando a volta por cima. Fortalecendo a cultura, educação e inovação. ONGs desenvolvendo solidariedade. A preservação está cada vez mais em alta no Planeta, beneficiando a todas as espécies. Cabe a nós escrever o que acontecerá daqui para frente JUNTOS.

Sem comentários: