quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Curta-Animação da Semana (imperdível!) - O Assassino da Economia

Uma breve e ilustrada explicação sobre como os países pobres são reféns das super elites globalistas, os quais vão inevitavelmente impor um governo mundial fascista e escravizante das sociedades de todo planeta. Em 3 minutos tudo foi muito bem colocado.

Dossiês BioTerra(actualizados) relacionados com o video
Agricultura
Agua
Ar
Corrupção vs Transparência
Direito
Economia
Globalização
Lixo Zero
Pesticidas
Política
Publicidade
Saúde
Urbanismo

quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Este belo mapa da internet é incrivelmente detalhado


Visualizar a internet é quase tão difícil quanto ignorar trolls, mas isso não impediu que Jay Jason Simons tentasse. E valeu a pena: o resultado é este belo mapa com um nível surpreendente de detalhes. Entre eles, temos as cidades: elas incluem os principais canais do YouTube e idiomas da Wikipédia, por exemplo. Você encontrará também várias referências de brincadeira, como a Terra dos Sites Esquecidos ou a ilha South Park. Por enquanto, o mapa representa apenas uma pequena parte da internet porque, como explica Simons, “senão este mapa seria ilegível e provavelmente impossível de fazer mesmo durante uma vida inteira”. Ele ainda está sendo atualizado e apefeiçoado. Simons explica o que ele colocou na versão completa do mapa:
Este pôster inclui um mapa completo da internet, 4 minimapas mostrando a espionagem da NSA, as redes sociais mais utilizadas, o navegador web mais usado, a penetração da internet em todo o mundo, a lista dos sites no top 500 do Alexa, uma linha do tempo com a história da internet, as principais empresas de software e muito mais!
Confira a versão do mapa em tamanho completo clicando na imagem abaixo. E claro, você pode comprar este pôster para tê-lo na sua parede. Mais detalhes aqui: [Deviant Art - via http://gizmodo]

terça-feira, 22 de Abril de 2014

Dia Mundial da Terra- cartoon para reflectir


Todos os anos, a 22 de Abril celebra-se o Dia Mundial da Terra.


Origem da data 
A data foi criada em 1970, pelo senador norte-americano Gaylord Nelson que resolveu realizar um protesto contra a poluição da Terra, depois de verificar as consequências do desastre petrolífero de Santa Barbara, na Califórnia, ocorrido em 1969. Inspirado pelos protestos dos jovens norte-americanos que contestavam a guerra, Gaylord Nelson, desenvolveu esforços para conseguir colocar o tema da preservação da Terra na agenda política norte-americana. 
A população aderiu em força à manifestação e mais de 20 milhões de americanos manifestaram-se a favor da preservação da terra e do ambiente. Assim, todos os anos, no dia 22 de Abril, milhões de cidadãos em todo o mundo manifestam o seu compromisso na preservação do ambiente e da sustentabilidade da Terra.

Impacto Ambiental
Investigadores e associações ambientalistas alertam para o perigo e consequências do aquecimento global da Terra, nomeadamente:

  • Aumento da temperatura global da Terra
  • Extinção de espécies animais 
  • Aumento do nível dos oceanos
  • Escassez de água potável 
  • Maior número de catástrofes naturais, como tempestades, secas e ondas de calor 

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Documentário: Green Gold- Ouro Verde


Do velho, o novo

Semente é comida guardada
Garantida pela esperança 

Semeada como quem dança 
Escondida de qualquer olhar. 
Em terra move-se, avança
Desenterra os aplausos da vida 
Enterra a fome indevida 
Pois lá vem o broto a brotar. 
De novo o velho broto 
Pois sim, depois dele... Outro!

Marina Seneda

domingo, 20 de Abril de 2014

sábado, 19 de Abril de 2014

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Ted Talk - Helen Fisher conta-nos porque é que amamos e traímos


A antropóloga Helen Fisher escolheu um tópico complicado - o amor - e explica-nos a sua evolução, as suas bases bioquímicas e a sua importância social. Conclui deixando-nos um aviso sobre o potencial desastre inerente ao abuso de antidepressivos. 

Anthropologist Helen Fisher studies gender differences and the evolution of human emotions. She's best known as an expert on romantic love, and her beautifully penned books -- including Anatomy of Love and Why We Love -- lay bare the mysteries of our most treasured emotion.

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Que empresas causaram o aquecimento global em 2013?

Um grande trabalho do jornal Guardian demonstra que há 90 empresas que provocaram dois terços de todas as emissões de carbono desde a Revolução Industrial e são as grandes responsáveis pelas alterações climáticas. Algumas das principais responsáveis financiam os cientistas que negam as alterações climáticas. 
Veja o quadro original e interactivo no Guardian

terça-feira, 15 de Abril de 2014

A Mandala dos Alimentos


A Mandala dos Alimentos simboliza o universo dos alimentos vegetais, é divido em sete grupos relacionados com a categoria de cada um e suas características, propriedades e valores nutricionais. No quadro temos todos os componentes nutricionais para manter o equilíbrio das funções orgânicas diariamente, que nos garantem a saúde e a vitalidade física e mental. Para formar um prato bem feito – o básico de uma boa refeição – precisamos de um dos cereais, um dos feijões, uma das sementes, uma das raízes, um dos legumes e folha verdes.

Os cereais simbolizam o celeiro da vida. São alimentos básicos de toda civilização. Dão-nos energia, vitalidade e forças para recriarmos as experiências da vida a cada momento, são ricos no complexo vitamínico B, fibras, hidratos de carbono, lípidos e aminoácidos.

As leguminosas representadas, na sua maioria pelos feijões, ricos em proteínas e minerais como cálcio, ferro, zinco e magnésio. Nutrem na sua plenitude, sustentam, e dão força e poder físico.
As raízes têm um papel importante na alimentação, trazem a força da terra e os nutrientes minerais que de necessitamos para a manutenção do corpo. Ricas em fibras que ajudam no peristaltismo intestinal, em sais minerais responsáveis pelo equilíbrio sódio/potássio do organismo, como também micronutrientes importantes e a desintoxicação do corpo.

Os legumes têm um papel importantíssimo na manutenção do corpo, pois são fontes ricas de vitaminas e sais minerais. Representam o equilíbrio entre a força (raízes) e a suavidade (folhas), gerando na nossa psique um senso interno de equilíbrio e serenidade.

Os vegetais são todas as folhas verdes comestíveis, ricas em vitaminas A, C, D, E, sais minerais, e ainda, cálcio, ferro, magnésio e vários outros. É clorofila pura que ajuda a renovar o sangue, e a celulose limpa o trato digestivo. As folhas recebem a luz do sol, o qual constitui uma energia vital e magnética necessária ao aspecto espiritual da vida.

As sementes representam alimento dos deuses. Portadoras de energia concentrada e de poder incalculável. E mais, fonte de proteína, lípidos, zinco, selénio, silício, cálcio, ferro e fibras.

As frutas representadas por várias formas, cores e sabores, capazes de nutrir o que há de mais subtil no plano da consciência. São ricas em frutose – açúcar natural da fruta – vitaminas e minerais tão necessários à saúde do homem. É importante observar a combinação das frutas, evitando a fermentação e a dificuldade digestiva. Abaixo segue a combinação entre os grupos de frutas:

Frutas doces: mamão, banana, figo
Frutas semi-ácidas: ameixa, caqui, amora, goiaba, maça, pêra, uva, manga
Frutas ácidas: abacaxi, tangerina, laranja, limão morango, acerola

Segundo, Maria Laura Packer, as frutas doces combinam com frutas semi-ácidas e frutas doces entre si. Frutas ácidas combinam somente com frutas ácidas. Melancia e melão não combinam entre si e nem com outro alimento. Se comem sozinhos.

Conforme mudam as estações, devemos modificar a quantidade de cada elemento nutricional. No outono/inverno, deve-se aumentar o consumo de feijões, sementes, cereais e raízes. Na primavera/verão deve-se aumentar o consumo de frutas, legumes, folhas, cereais.


Fonte: "Vegetarianismo, sustentando a vida" – Maria Laura Garcia Packer, 2007

segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Plantas podem aprender, mudar o comportamento e recordar

Mimosa pudica
Os cientistas desconfiam que as plantas são muito mais inteligentes do que se imagina. Há uns tempos, um estudo revelou que as plantas conseguiam fazer cálculos de divisão. Outro, revelava que estas podiam cantar e fazer música. Agora, os cientistas da Universidade da Austrália Ocidental analisaram o comportamento da dormideira – também conhecida por dorme-dorme -, uma planta nativa da América do Sul, e descobriram que esta pode aprender e recordar.

Segundo a investigação, coordenada por Monica Gagliano, Michael Renton, Stefano Mancuso e Martial Depczynski, a dormideira dobras as folhas quando é tocada, sendo que os cientistas acreditam que esse movimento é um mecanismo de defesa contra os herbívoros. Isto porque os animais que pastam são menos propensos a querem comer folhas murchas.
Para além deste mecanismo, explica o Planeta Sustentável, as plantas demonstraram que estão a aprender, de forma mais rápida, os truques da sobrevivência em ambientes desfavoráveis ou com pouca luz. Por outro lado, elas são capazes de recordar o comportamento adquirido algumas semanas após o teste.
Esta capacidade acontece porque, ao contrário dos animais, as plantas não se podem movimentar. Por isso, precisam de aprender de forma mais rápida a adaptarem-se ao ambiente, um processo que é possível devido a uma sofisticada rede à base de cálcio, que se assemelha ao processo de memória dos animais.

Os investigadores recorreram a teste que consistiam em deixar cair água, repetidamente, nas folhas da dormideira, tanto em ambientes de muita e pouca luz – a dormideira dobra as folhas como resposta às gotas de água. O teste demonstrou que a dormideira deixou de fechar as folhas quando percebeu que as gotas de água que, repetidamente, caiam sobre si, não tinham nenhuma consequência nefasta. Assim, a planta pôde aprender e adquirir um novo comportamento em segundos. A aprendizagem foi mais rápida em ambientes menos favoráveis – tal como nos animais. Paralelamente, as plantas puderam relembrar-se do que tinham aprendido durante várias semanas, até quando as condições do seu ambiente mudaram.

Daniel Chamovitz, director do Manna Center for Plant Biosciences da Universidade de Tel Aviv, vai mais longe no estudo das plantas, afirmando que estas podem sentir, ver, cheirar e recordar. Um mundo realmente surpreendente. 

domingo, 13 de Abril de 2014

Every valley shall be exalted

"Every valley shall be exalted" do Messiah HWV 56 por G.F.Handel

Every valley shall be exalted, 
and every mountain and hill made low, 
the crooked straight, 
and the rough places plain

sábado, 12 de Abril de 2014

Love Conquers All

Puffin On My Side - Love Conquers All

Puffin On My Side is the solo project of musician Alessio Mecozzi. Alessio is also the guitarist and founding member of the instrumental post-rock band Mokadelic. In 2007 Puffin on my side began working on several songs mixing electronic elements with acoustic instruments. Puffin composes guitar-based soundscapes and experimental music with extraordinary emotional impact. His sound is a kind of ambiental post-rock , the reverberant guitar-tone recalls cinematic landscapes and dreamy atmospheres. His main influences range from instrumental post-rock (Godspeed! You Black Emperor, Explosions in the Sky, Mogwai) to shoegaze music (Slowdive, My Bloody Valentine, Ride, July Skies). Puffin on my side has released Insider in October 2008 (D.N.A.) and Early morning in November 2009 (Inglorious Ocean). In January 2010 he composed the soundtrack for the short film La sabbia negli occhi directed by Ram Pace. In 2011 is out Lech-Lecha, a new EP.

Gostou? Compartilhe: