terça-feira, 17 de julho de 2007

As Aldeias Milénio


Batricaloa- uma mulher recebe informações sobre microcrédito

As Aldeias Milénio são aldeias, pequenas regiões, ou mesmo bairros urbanos em países em vias de desenvolvimento (...). Na selecção das aldeias temos de uma maneira muito especial em consideração a integração do território envolvente.
A Aldeia Milénio deveria ter o carácter de modelo, oferecendo também serviços à vizinhança (cuidados de saúde, possibilidades de obtenção de rendimento etc.). Neste contexto, nós ou as nossas organizações parceiras, iremos discutir com os agentes locais a importância a nível da política de desenvolvimento de uma Aldeia Milénio na região, para obtermos um efeito que se repercuta no seio dessa região.

Ler mais em:Aldeias Milénio (pdf)

Mais alguns artigos:


A Cimeira do Milénio e os Objectivos do Milénio,2005,por João Soares

As Regras do Jogo, por Jeffrey D. Sachs (pdf)

Primeira Aldeia do Milénio nasce em Chibuto, Moçambique (2006)

ONU investe 2,7 ME em Moçambique na construção de 11 aldeias do milénio (2006)

Aldeias do Milénio ao alcance com a nossa ajuda,2006, do blogue PPPLusofonia

Clique aqui para ver o arquivo em PDF do Folder do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade

Sítios Principais
UN Millenium Project
Millenium Villages

Portal dos Objectivos do Milénio no Brasil
Nós Podemos

Downloads- Músicas e filmes

Clique aqui para ouvir e baixar as músicas do CD Os Oito Objetivos do Milênio na voz dos jovens, lançado pelo COEP em abril de 2006.
Clique nos links abaixo para fazer o download dos audio-visuais relacionados aos ODMs

Institucional Nós Podemos - duração 27"
Institucional Nós Podemos - duração 30"

Novos Dossiers BioTerra

Eco-Anarquismo

Terra Geográfica

Mobilidade

Racismo Ambiental

Terra Arquitectónica

E estejam sempre atentos aos outros dossiers que estão constantemente actualizados (quando tenho tempo livre), pois toda a hora e felizmente, vão surgindo e/ou sou informado de novos sites,novos movimentos ecosolidários e novas alternativas baseadas na Agenda 21 e Carta da Terra.

Sem comentários: