quinta-feira, 3 de maio de 2012

Humanos geneticamente modificados para combater as alterações climáticas

 
Des Humains Génétiquement Modifiés pour lutter contre le réchauffement climatique
Podemos combater as alterações climáticas de outras formas....eis a tradução do artigo (com boa dose de sátira e humor)  para vossa consulta.

Vá um pouco de esforço ... porque vos disseram que é para "salvar o planeta" ... bem, não são as minhas palavras, elas são de "cientistas" que garantem com o açúcar puro e bem embalado.Vocês já engoliram muitas tolices assim, alguns pensam que você está condicionado o suficiente para engolir. Alguém poderia pensar que todos os limites da estupidez já tinha sido tomada há muito tempo por Torquemada da luta contra o aquecimento global supostamente antrópica. Não foi assim tomada, sem ser exaustiva:

  • Este estudo da Universidade de Dublin, publicado no The Telegraph, que propôs a dar ao gado bovino um suplemento alimentar de ómega 3 para reduzir a flatulência que são - todos sabem - muito mais eficaz do que o CO2 para o aquecimento do planeta;
  • Este "estudo" da Universidade de Oregon, financiado pela NASA (sim!, mais especificamente, o Jet Propulsion Laboratory National Aeronautics and Space Administration), onde inefáveis ​​"cientistas" se atreveram a calcular - grande reforço de equações, por favor- os efeitos cumulativos do legado de carbono dos indivíduos através da reprodução. Este artigo foi honrado com a atribuição de Jacques Duran, um "chapéu de bobo" no site insubstituível do Pensamento Único. Você também pode ver isso aqui.
  • Este "artigo" da London School of Hygiene Tropical Medicine (abstract) que desperdiçou dinheiro público por meio do estudo - muito sério - do impacto da obesidade sobre as emissões de "gases estufa". Vejam isso, se vocês ainda insistirem.
  • Este "estudo" da Universidade de Victoria, relatado por Katterns Tanya, que comparou as "pegadas de carbono" de animais de estimação.Esse estudo determinou tal que um cão tinha uma "pegada de carbono" média um pouco mais da metade de um 4 × 4.Eu tinha naquela época comentado sobre isso em dois artigos no Post. Pode-se olhar para isso e aquilo.

  • Uma nova etapa desta competição planetária das enormidades estúpidas foi atingido por um estudo da Universidade de Nova York .Este estudo é já de referência, porque os autores sugerem, nem mais ou menos, uma "reengenharia" da espécie humana . Aqui, os OGM são pressionados, pulverizados...Lugar aos HGM (Humanos Geneticamente Modificados) que serão "moldados" para reduzir a sua pegada de carbono.
    O estudo foi publicado e não escapou à WattsUpWithThat. O "autor" do estudo, S. Matthew Liao,é um filósofo, professor de bioética da Universidade de Nova York (sim, sim!)

    1 comentário:

    até á vitoria sempre disse...

    Olá ! acho o blog excelente e tornei-me seguidor. Votos de sucesso e continuação no seu trabalho. Felicidades
    António Garrochinho