quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Nação Covid


Nação Covid
A última mão que te acarinhou foi a do enfermeiro António
As regras impuseram duas separações
Alzira, a nossa avó, tinha partido com um sorriso,
Garantiu-nos António.
Dias antes de ires para os cuidados intensivos
Tinhas febre alta, diarreias, queixavas-te de dores fortes por todo o corpo
Das pernas, que não te aguentavas de pé
Mulher de traço magro e leve
Já tinhas 85 anos
Quem te via animada e doce
Mesmo com as rugas marcadas de alegria e de trabalho árduo
As pessoas erravam sempre na tua idade
Diziam que terias 70, outras 75
Fizemos o funeral a correr, pouca gente,
Como ditam as regras
Regressados a casa, foi um dia inteiro de lágrimas
Demoravam a secar
Fez-se silêncios e a dor continuava dentro de nós
De noite ao olharmos para o céu
Vimos uma estrela brilhar mais forte que todas
Eras tu Alzira

João Soares, 16/12/2020

Sem comentários: