domingo, 27 de maio de 2018

A terra é tão boa, produz frutos tão belos, por Agostinho da Silva

Tejo Verstappen


"A terra é tão boa, produz frutos tão belos, que o homem só pelas festas lhe pode manifestar o seu reconhecimento, a alegria de a trabalhar, de se unir com ela intimamente; e estas festas agrícolas eram das mais sagradas para os gregos: em Elêusis, nos Mistérios, o homem, purificado, dizia à terra o seu amor e ela revelava-lhe em paga os grandes segredos de além-túmulo."

- Agostinho da Silva, "A Religião Grega", 1930, in Estudos sobre Cultura Clássica, Âncora ed., pág. 144

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Com deusas tão belas, talvez me converta
A santíssima trindade só me inspira tristeza

João Soares disse...

O mito de Elêusis ainda se encontra vivo hoje nas diversas escolas Iniciáticas que ainda persistem, como a maçonaria. É a doutrina da vida universal, que se encerra no simbólico grão de trigo de Elêusis, que deve morrer e ser sepultado nas entranhas da terra, para que possa renascer como planta, à luz do dia, depois de abrir caminho através da escuridão em que germina.