sexta-feira, 7 de julho de 2017

Todas por um formiga, uma formiga por todas (com video)



Está em Inglês, mas as colónias/ sociedades de formigas são sempre intrigantes e fornecem pistas. Se escutássemos a Ciência Biológica e peer review que ela sofre também, também faríamos a mudança, se possível.

As formigas entram em guerra como nós, principalmente por comida. A colónia de Megaponera analis, espécie habita o Sahara, também entram em "conflitos". 

Um novo estudo publicado na Science em Abril de 2017 revela que as M. analis   têm uma estratégia nunca antes vista que ajuda as colónias quando sofrem baixas em tempo de guerra.

Ao contrário de todas as outras formigas-soldado, as M. analis transportam os seus camaradas feridos até casa.

Embora isso possa parecer uma pequena cortesia para os indivíduos que estão a ser resgatados, esses pequenos atos heroicos contam, diz o líder do estudo Erik T. Frank.

"Há um claro benefício para a colónia“, diz Erik Frank"Estas formigas feridas são capazes de participar novamente em ataques futuros e permanecer novamente como membro em plenas funções da colónia."


Watch never before seen footage of soldier ants saving their wounded comrades from the battlefield. Megaponera analis, a small black ant species native to sub-Saharan Africa, wages war on termite nests. Attacking ants can have limbs ripped off or even be decapitated by the termites. Instead of leaving the hurt ants behind, other ants will carry them back home where they can heal and participate again in future raids. Scientists estimate that this strategy can result in colonies that are about 30 percent bigger than those ant species that don't rescue their injured.

Sem comentários: