sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Curta-Metragem: Charles Bukowski - The Man with the Beautiful Eyes


"Caí em meu patético período de desligamento. Muitas vezes, diante de seres humanos bons e maus igualmente, os meus sentidos desligam-se simplesmente, cansam-se, desisto... Sou educado. Balanço a cabeça. Finjo entender, porque não quero magoar ninguém. Este é um ponto fraco que me tem levado a muitos sarilhos. Tentando ser bom com os outros, muitas vezes tenho a alma reduzida a uma espécie de pasta... O meu cérebro tranca-se. Escuto. Respondo. E eles são broncos demais para perceber que eu já não estou mais ali." - Charles Bukowski

2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Retrato do que não devemos ser? Ou retrato daquilo que estamos sendo?

Seja o que for, é uma lição...

João Soares disse...

Boa tarde Rogério
Estou sempre a questionar a "realidade". Um abraço