segunda-feira, 17 de setembro de 2012

OS PORTUGUESES CUMPRIRAM, O GOVERNO FALHOU

Eu sei que as teorizações importam, mas chegou a hora pois se se adia a hora da democracia estável, forjam-se outros protagonistas. Não se esqueçam que a patroa do FMI, Lagarde, é uma "senhora" que aufere um obsceno ordenado e isenta de impostos...dispenso o reconhecimento destas pessoas.É HOJE o (re)começo de impugnação e travão contra a privataria.



"OS PORTUGUESES CUMPRIRAM, O GOVERNO FALHOU"!!
A empresa Adicional Logistics, de Santa Iria da Azóia, leva pessoas que estão a receber subsídio de desemprego, a deixar de o receber, para trabalhar na empresa, e estas, ao fim de quinze dias, são mandadas embora, visto que ao fim de quinze dias têm de assinar um contrato - sempre por empresas de emprego temporário - e ficam sem nada: sem trabalho prometido e sem subsídio desemprego que foram obrigadas a rejeitar, na ilusão de um trabalho. Não pagam horas extra, quando há pessoas a trabalhar mais de 12h por dia; mais de 40h por semana; nem pagam subsídios nocturnos, quando há gente que faz horários como das 5h da manhã até às 13h. O sistema é sempre o mesmo: meter alguém quando se aproxima fim do mês - de modo a facturar mais, ao se realizar mais trabalho - e depois despedir antes dos quinze dias experimentais. Estamos a falar de uma empresa que tem como clientes a Zon; Portugal Telecom (Meo); Matutano; Nespresso; etc. O clima vigente é sempre o mesmo: quem será despedido esta semana. O salário é o mínimo, claro.


Sem comentários: