quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Estudo alerta para os perigos da sobrepesca e aumento das marés de alforrecas



Ana Ganhão (02-09-11), Naturlink

Foi realizado um estudo pelo grupo de conservação marinha, a OCEAN2012 que alerta para os impactos da sobrepesca e o aumento das marés de alforrecas, muito prejudicial para a saúde  pública.
Esta colecção de relatórios publicada pela OCEAN2012 demonstra como a sobrepesca prejudica as comunidades costeiras da União Europeia e como afecta as vidas de incontáveis cidadãos europeus. Cada relatório ilustra um determinado efeito nos ecossistemas marinhos causado pela remoção excessiva de milhões de toneladas de organismos marinhos que ocorre em cada ano.
O número de marés de alforrecas nos oceanos está a aumentar e  os impactos causados pelas actividades humanas como a sobrepesca são apontados como os prováveis causadores deste fenómeno. Vários investigadores demonstraram que a sobrepesca é um elemento que contribui significativamente para a maioria das marés de alforrecas estudadas. De facto, alguns investigadores afirmam que a sobrepesca permite às populações de alforrecas aumentarem  exponencialmente.
A remoção sistemática de peixes predadores do topo de cadeia  alimentar, como o atum ou o bacalhau, pode levar a alterações  devastadoras. A remoção de demasiado peixe dos ecossistemas cria muito espaço para  as alforrecas poderem proliferar.
A reforma da Política Comum das Pescas é uma oportunidade crucial  para transformar este cenário de pesadelo num futuro seguro,  sustentável a longo prazo para os ecossistemas marinhos, stocks de  peixe, bem como a subsistência de milhões de cidadãos europeus.
Pode descarregar aqui o relatório da Ocean2012, OS IMPACTOS DA SOBREPESCA: A batalha pela supremacia no oceano: as conquistas das alforrecas
Fonte: www.ocean2012.eu
Leituras adicionais:
A maior raia do mundo pode extinguir-se devido à sobrepesca
Directrizes para uma pesca sustentável não são cumpridas
Pesca é responsável por alterações nos padrões de crescimento do peixe

1 comentário:

Sergio disse...

Sou leitor assíduo do seu Blog. Um abraço, Sérgio Pugliese. Corretor especializado em Imóveis na Vila Mascote.