sábado, 17 de setembro de 2011

Musica do BioTerra: Homenagem a Mercedes Sosa - Todo cambia

La Negra e uma bela poesia do chileno Julio Numhauser . Os meus sentimentos universais, profissionais e privados:
No estúdio





Ao vivo (que emoção!)



Cambia el pelaje la fiera
Cambia el cabello el anciano
y así como todo cambia
que yo cambie no es extraño


Pero no cambia mi amor
por mas lejos que me encuentre
ni el recuerdo ni el dolor
de mi pueblo y de mi gente

A voz dos "sem voz". Sua preocupação sociopolítica reflectia-se no reportório que interpretava, tendo sido uma das grandes expoentes da Nueva canción, movimento musical com raízes africanas, cubanas, andinas e espanholas marcado por uma ideologia de contestação ao imperialismo norte-americano, ao consumismo e às desigualdade sociais.

Toda a sua biografia e ligações no wikipedia

2 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Sempre gostei muito dela. Não só pela voz, mas principalmente pelo que nos traz sua voz.

João Soares disse...

Olá Tânia. É uma referência. Uma postura, um encanto, uma pesquisadora da melhor têmpera. Um inconformismo. La Negra.Preciso de a ouvir tempos a tempos. Está no meu coração, mas divido-o com muitos amores...sou um melómano confesso!
Beijinhos carinhosos:)