sábado, 21 de fevereiro de 2009

Negociatas em torno do novo Aeoroporto de Lisboa

Cartoon do blogue Pitecos

As negociações para a compra de quatro mil hectares da herdade de Rio Frio, junto ao Campo de Tiro de Alcochete, decorreram entre Agosto e o final de Dezembro de 2007, dois meses após o Governo ter pedido um estudo comparativo entre Ota e Alcochete e duas semanas antes do anúncio da nova localização do Aeroporto de Lisboa. Os terrenos, adquiridos com crédito do BPN, são propriedade indirecta da OPI 92, empresa da Sociedade Lusa de Negócios (SLN) que foi apontada como uma solução para tapar o buraco financeiro do Banco Insular (BI).[Toda a notícia no Correio da Manhã:15.02.09]

Alcochete: aeroporto preocupa ambientalistas
Sociedade das Aves considera extremamente preocupante localização escolhida

O relatório do LNEC aponta Campo de Tiro de Alcochete (CTA) muito menos vantajosa que a opção OTA, em termos de Natureza e Biodiversidade.

Portugal continuava com menos dívidas externas, suportava muito bem a opção Portela+1 e garantia os recursos naturais e em água (rios), um bem precioso no nosso País, Ibérico e Mundial.

Leia aqui o estudo (2º Relatório LNEC,pdf)


Sem comentários: